Duas brasileiras em Milão, uma estilista e uma fotógrafa.

Assim, começa uma história feita de trabalho, amizade, confronto, experiências e acima de tudo, sem medir tempo, sem hora e nem pressa.

Não existiu uma meta e sim um percurso juntas.

Depois do primeiro trabalho juntas, a estilista quis aprender a fotografar e a fotografa foi retratando pessoas e o movimento das ruas. Analisando o comportamento das pessoas e acima de tudo, olhando dentro de si mesmo.

Fotografar  exige tempo, paciência e saber que muitas vezes a foto perfeita deve ser feita em minutos, segundos e tudo muda, muda de cor, perde o brilho, o frescor… Mas a fotografia eterniza, isso é importante!